Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade em "Os Simpsons"

O segundo episódio da décima primeira temporada do seriado “Os Simpsons”, exibido em 2011, mostra o personagem Bart como portador do Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH).

O transtorno se caracteriza por frequente comportamento de desatenção, inquietude e impulsividade, em pelo menos três contextos diferentes.

Confira:



https://www.youtube.com/watch?v=gfsv9uI-mzw




O grande número de indivíduos submetidos a farmacoterapia devido ao eventual diagnóstico de TDAH para justificar o mau desempenho escolar geram controvérsias desde a década de 1970.

O episódio, enfocando nos efeitos colaterais de uma medicação que controlaria o comportamento (“Fucosyn” - provavelmente um derivado anfetamínico), faz uma crítica à banalização da medicalização. O personagem desenvolve uma psicose anfetamínica, efeito adverso não raro de uso de drogas como a dextroanfetamina – medicamento que reduziria sintomas do TDAH, manifestada prioritariamente por delírios persecutórios.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O que é defensividade tátil?

Transtorno de modulação sensorial

Disgrafia