Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2013

Cuidare Fidelidade

Imagem
PROGRAMA FIDELIDADE CUIDARE O programa Fidelidade da Clinica CUIDARE é uma forma de beneficiar nossos pacientes.  Basta ser paciente e solicitar seu cartão que você já está participando. Consulte as regras e veja como somar pontos! Participe e ganhe os mais diversos brindes. Informe-se!!!
1.Como participar 1.1.Tornando-se um cliente CUIDARE, você recebe o seu cartão CUIDARE Fidelidade, para poder usufruir várias vantagens como: descontos em serviços da Clínica CUIDARE, participação de sorteios de brindes,descontos em estabelecimentos parceiros e muito mais.

1.2.O paciente deve se inscrever no programa de fidelidade e receber um CARTÃO COM número-REGISTRO. 1.3.Cada vez que tiver direito a pontuação, deve solicitar marcação dos pontos na recepção. 1.4.Os pontos são intransferíveis. 1.5.O cartão terá validade de 6 meses. Não completando os 10 pontos neste intervalo, o mesmo será cancelado. E você receberá um novo cartão. 1.6.Ao atingir 10 pontos (máximo por cartão) o paciente deve trocar seus p…

AUTISMO - DSM5 - NOVA CLASSIFICAÇÃO

Imagem
Anteriormente na DSM.4 havia cinco transtornos do espectro do autismo, cada um dos quais tinha um diagnóstico único: - -
Transtorno Autista ou autismo clássico, Transtorno de Asperger , Transtorno Invasivo do Desenvolvimento - Sem Outra Especificação ( PDD-NOS ), Síndrome de Rett, Transtorno Desintegrativo da Infância...

No DSM5, esses transtornos não existirão como diagnósticos distintos no espectro do autismo. a síndrome de Asperger e os outros passam a ser unificados e incluídos e incorporado em um só diagnostico sobre a nomenclatura de : "Transtornos do Espectro do Autismo." e suas variações analisadas por graus, Severo, Moderado, leve....
Já a Síndrome de Rett vai se tornar uma entidade própria e deixará de ser parte do espectro do autismo.

Referencia: www.dsm5.org
Fonte: Síndrome de Asperger Autismo Brasil

Estudo cria modelo animal de autismo

Imagem
Ao infectar ratas grávidas com uma parte da bactéria Escherichia coli, cientistas da Universidade de São Paulo (USP) conseguiram induzir na prole um quadro semelhante ao autismo, criando um modelo animal da doença que poderá ser útil em diversas pesquisas. O trabalho – um dos vencedores da última edição do Prêmio Tese Destaque USP – começou ainda durante o mestrado de Thiago Berti Kirsten e foi concluído em seu doutorado, ambos com Bolsa da FAPESP. “Nossa maior contribuição foi mostrar que, além dos já bem estabelecidos fatores genéticos, infecções durante a gestação também são importantes na etiologia das doenças mentais. Nossos achados indicam que uma infecção bacteriana aproximadamente no meio da gestação induziria alterações comportamentais similares às do autismo, com prejuízos na comunicação, socialização e inflexibilidade cognitiva”, disse Kirsten.
O experimento consistiu em injetar uma toxina extraída da membrana da bactéria E. coli chamada lipopolissacarídeo (LPS) em r…

Síndrome de Lennox-Gastaut - TIPO RARO DE EPILEPSIA

O que é Lennox-Gastaut? A Síndrome de Lennox-Gastaut (SLG) é um tipo bem raro de epilepsia da infância, caracterizado primariamente por convulsões frequentes, de diversos tipos, que geralmente não melhoram completamente com os medicamentos anticonvulsivantes. A SLG costuma ocorrer nos primeiros anos de vida, e vir acompanhada de disfunções cognitivas, atraso do desenvolvimento neurológico e psicomotor das crianças afetadas. A SLG representa cerca de 1-4% das epilepsias da infância. Causas. A síndrome pode ocorrer quando houve histórico de distúrbios que levam às lesões cerebrais durante a gravidez ou logo após o nascimento (prematuridade, asfixia neonatal, baixo peso extremo ao nascimento, infecções perinatais, como encefalites, meningites ou rubéola, ocorrência de anomalias do desenvolvimento do cérebro). Entretanto, cerca de 30-35% dos casos de SLG não tem causa diagnosticada. Sintomas e evolução. A maioria das crianças começam a se desenvolver normalmente, mas iniciam s…

ABSURDO: Câmara discutirá inclusão de Ritalina na merenda escolar

A Ritalina, droga da obediência muito famosa nas mais tradicionais escolas brasileiras, está para se tornar componente obrigatório na merenda das escolas públicas. A ideia é do Deputado Júlio Santos do PPGI-RJ (Partido Progressista do Grande Irmão). A intenção é padronizar cabeças e dopar crianças para que estudem muito e questionem pouco. “Existe hoje a necessidade de criar uma cultura da obediência numa sociedade que se perdeu em excessos liberais. Assim evitamos agressões contra professores, cortamos esse papo de homossexualismo e nos prevenimos contra a presença de futuros adultos se rebelando contra políticos honestos. O lema é estudar mais, pensar menos”, afirma Santos. Segundo linhas do projeto, a ideia é ministrar 70 mg diários via oral diluídos nos sucos ou mesmo misturados aos alimentos. “Quiçá presente até nos bebedouros!”, afirma Júlio César Lombroso, diretor da Escola Estadual Emílio Guerra em Teresina no Piauí. O Dr. Drauzio Varella e a apresentadora do pro…

Como criar uma criança sem deixá-la mimada

Imagem
Interessante!
Atitudes simples que os pais tomam desde o primeiro ano de vida da criança ajudam a mostrar a importância de respeitar o próximo e fazê-la entender que o mundo não gira em torno de seu umbigo Quando falamos em crianças mimadas vem à cabeça aquela cena típica de uma se jogando no chão da loja de brinquedos e gritando por aquilo que a mãe se nega a dar. Mais do que isso (e pior): no final da história, ela consegue o que quer. O conceito de mimado não se resume a esse tipo de comportamento, mas tem relação com ele. Segundo Vera Zimmermann, professora de psiquiatria da Unifesp, a criança mimada é aquela que não foi educada para aceitar uma frustração e sempre reage querendo se posicionar no centro das atenções. Claro que pai nenhum deseja ter um filho assim, mas nem sempre os casais percebem que estão estimulando comportamentos ruins. Educar uma criança é difícil mesmo, mas a boa notícia é que atitudes simples, praticadas diariamente, fazem a criança entender, a…

Vacina controla sintomas do autismo

Imagem
Cientistas canadenses desenvolveram uma vacinaque desenvolve defesas contra bactérias intestinais comuns em crianças autistas, podendo ajudar a controlar alguns dos sintomas do autismo.
O Dr. Mario Monteiro e seus colegas da Universidade de Guelph desenvolveram a vacina à base de carboidratos, para atuar contra a bactériaClostridium bolteae. A C. bolteae, que produz distúrbios gastrointestinais, é muito mais prevalente no trato gastrointestinal de crianças autistas do que de crianças saudáveis. Mais de 90% das crianças com transtornos do espectro do autismo sofrem de sintomas gastrointestinais crônicos graves – destes, cerca de 75% sofrem de diarreia. “Pouco se sabe sobre os fatores que predispõem as crianças autistas à C. bolteae,” disse Monteiro, acrescentando que, embora a maioria das infecções sejam tratadas adequadamente por alguns antibióticos, a vacina é um avanço em relação ao tratamento atual. “Esta é a primeira vacina desenvolvida para controlar a constipação e diarrei…

Células-tronco são chave para entender Alzheimer

Imagem
As células-tronco serão peças-chave para encontrar a cura da doença de Alzheimer. Quanto a isso o neurocientista Lawrence Goldstein, professor da Universidade da Califórnia em San Diego e um dos principais pesquisadores da área, não tem dúvidas. Mas Goldstein não vê futuro em pesquisas que buscam desenvolver terapias de substituição dos neurônios defeituosos. Para ele, as células-tronco são, na verdade, ferramentas que permitirão compreender o que acontece de errado no cérebro e leva ao desenvolvimento da doença. Com auxílio da tecnologia que permite criar células-tronco pluripotentes induzidas (IPS, na sigla em inglês), o cientista desenvolveu um método que permite transformar células da pele de pacientes com Alzheimer em neurônios. O objetivo, agora, é estudar neurônios de portadores de uma forma hereditária da doença para descobrir quais são os processos bioquímicos alterados que poderiam ser manipulados – por meio de drogas ou métodos genéticos – a fim de reverter o pro…

Dentes de leite e a pesquisa sobre a causa do Autismo

Imagem
Há quase um ano, mas exatamente no dia 09 de junho de 2012, postamos aqui uma reportagem sobre oProjeto “A fada do dente” (Pesquisa Pró- Autistas e suas famílias).  E hoje no Jornal Bom Dia Brasil esse assunto volta à midia. E vamos mais uma vez compartilhar e divulgar a todas as familias e profissionais para que participem.  Divulguem e obrigada! Farah Mendes e Clínica Cuidare



Edição do dia 06/06/2013 06/06/2013 09h56 - Atualizado em 06/06/2013 09h56
Pesquisa cria células-tronco com dentes de leite de crianças autistas As células-tronco desenvolvidas a partir dos dentes se transformam em neurônios. A partir disso, é possível entender melhor o que causa o autismo.
 Pesquisadores de São Paulo estão usando os dentes de leite de crianças em estudos sobre o autismo.  A pesquisa usa engenharia genética. A partir do dente de leite de crianças com autismo, os pesquisadores conseguem desenvolver células-tronco que se transformam em neurônios. Com isso, eles…