Disfunção da integração sensorial ou transtornos de processamento sensorial:


O processamento sensorial acontece quando as sensações levam informações corretas ao cérebro, tudo funciona bem e orquestramos nossas ocupações diárias, sem problemas e sem sequer perceber o que as sensações significam para nós.
Mas, se as sensações não são bem integradas ou moduladas, a vida pode ficar caótica .

Ou seja, Inabilidade para modular, discriminar, coordenar ou organizar sensações de maneira adaptativa para responder adequadamente às demandas ambientais. (Lane, Miller & Hanft, 2000).
...

TPS (Transtornos de Processamento Sensorial): tendência de algumas cças sentirem as sensações de maneira diferente:

  • com mais intensidade, como texturas das roupas que sempre incomodam- HIPERRESPONSIVA;
  • com menos intensidade, como as crianças que parecem não escutar quando chamamos - HIPORESPONSIVA.
Se uma criança apresenta reação HIPER ou HIPO aos estímulos sensoriais recebidos, indica que:
* SNC não está conseguindo organizar e processar as informações sensoriais provenientes do meio ambiente;
* As respostas não são adequadas e podem resultar em déficits de aprendizagem ou distúrbios específicos de percepção, coordenação motora e linguagem, dentre outros.

Respostas são mal interpretadas ou mal compreendidas, denominadas de “birra”, “mimo”, “má educação”, “teimosia”.
O que se pode fazer ao suspeitar de TPS?

Encaminhar para um terapeuta ocupacional especializada em Integração Sensorial para:

  • Avaliação criteriosa com anamnese; 
  • Traçar o perfil sensorial;
  • Identificar os TPS presentes no contexto escolar e;
  • Dar devolutiva da triagem a escola e família para estabelecer a correlação entre as dificuldades de aprendizagem e as características do processamento sensorial de cada criança.
Em São Luís-MA a técnica de Terapia de Integração Sensorial acontece na Clínica Cuidare
Fone: (98) 3221-0844


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O que é defensividade tátil?

Transtorno de modulação sensorial

Disgrafia